LUN 25 DE OCTUBRE DE 2021 - 20:05hs.
Bob Chapek, CEO da empresa

“As apostas esportivas são definitivamente um lugar que a Disney quer estar”

Não é segredo que a ESPN da Disney está chutando os pneus nas apostas esportivas. Os meios de comunicação como o Wall Street Journal e o Front Office Sports especularam sobre os planos da empresa para o setor, seja um acordo de licenciamento ou uma fusão / aquisição. Durante uma recente conferência com investidores, o CEO da Disney, Bob Chapek, não deixou dúvidas sobre as intenções da empresa: “Estamos interessados em apostas esportivas. É definitivamente um lugar que queremos estar.”

De acordo com o CEO da Disney, Bob Chapek, a gigante da mídia está pronta para dar “largos passos” nas apostas esportivas por meio da ESPN. Durante conferência de investidores realizada na última terça-feira (21), o analista do Goldman Sachs, Bret Feldman, perguntou a Chapek sobre os planos da ESPN para as apostas esportivas nos Estados Unidos.

Especificamente, Feldman perguntou se a ESPN poderia apenas licenciar seu nome para uma operadora, como relatou o WSJ, ou ir além e “incorporar [apostas] no modelo de negócios da ESPN”.

Há um longo caminho entre a incorporação ao modelo de negócios da ESPN e o licenciamento do nome”, disse Chapek.

Digamos que nossos fãs estão realmente interessados ​​em apostas esportivas. Digamos que nossos parceiros nas ligas tenham interesse em apostas esportivas, portanto, estamos interessados ​​em apostas esportivas. Estrategicamente, as apostas esportivas nos dão a capacidade de atrair um fã de esportes muito mais jovem, que tem uma afinidade muito forte por esses esportes. Portanto, é definitivamente um lugar que queremos estar”, garantiu Chapek.

Chapek acrescentou que a empresa está ficando “cada vez mais agressiva” na busca de parcerias para apostas esportivas.

A ESPN tem sido associada à Rush Street Interactive como um potencial parceiro de apostas pela Action Network e pela empresa de analistas Eilers & Krejcik.

Há lógica para um [acordo entre os dois]. A BetRivers tem lutado para fazer uma diferença em mercados onde não tem uma grande presença de jogos de cassino de varejo e ESPNBet certamente mudaria isso”, disse Eilers em uma nota recente

Chapek não deu detalhes sobre os parceiros, mas acrescentou que a ESPN estava "começando a dar alguns passos muito largos nesse caminho".

No mês passado, o The Wall Street Journal relatou supostas conversas entre a ESPN e potenciais candidatos para um acordo de marca de apostas de US$ 3 bilhões com uma grande casa de apostas esportivas. Esse acordo daria ao parceiro escolhido a opção de usar o nome ESPN para fins de branding e, potencialmente, renomear suas apostas esportivas com o nome de rede de TV esportiva.

Fonte: GMB / Legal Sports Report